Paróquia de São Tiago dos Marrazes : Para refletir o Domingo

marrazes.png
clear.gif
  • Janardo
  • Pinheiros
  • ParoquiaMarrazes
  • Matinha
  • Bairro
  • Gandara
  • Marinheiros
  • Marrazes
 

Para refletir o Domingo

voltar

 

O convite que fazemos à comunidade paroquial dos Marrazes, e não só, através no nosso site, é que ao longo da cada semana vamos saboreando o Dia do Senhor, “O Domingo”

 
Além  das leituras de cada domingo são indicados tópicos e pistas para reflexão. A proposta é continuarmos a caminhar ao longo da semana, vivenciando a celebração litúrgica no dia a dia.
 
ANO C
(HES)

16º Domingo do tempo comum

Gen 18,1-10a / Salmo 14 / Col 1,24-28 / Lc 10,38-42

Marta e Maria são alertas, são sinais para cada um de nós. Quantos de nós, como Marta, andamos às voltas, preocupados, ocupados enquanto o que é fundamental nos passa ao lado. Maria aproveita plenamente a graça de escutar e permanecer e por isso, escolheu a melhor parte. Não é que Marta esteja errada mas está incompleta.

Veja-se Abraão e Sara que recebem os viajantes. Dão-lhes do melhor que têm mas sobretudo dão a sua presença, fazem-lhes companhia e daqui jorra a fecundidade.

Para refletir: Se me sei Marta, peço a graça de que Maria habite em mim.

15°Domingo do tempo comum 

O Evangelho deste Domingo traz-nos a bem conhecida história do Bom Samaritano. Quem é o meu próximo?

Consigo desenvolver em mim um olhar atento aos que me rodeiam, aos com quem me cruzo? Consigo sair de mim, do meu mundinho? Consigo entregar-me à vontade de Deus para ser seu instrumento de Amor?

 

14º Domingo do tempo comum 
Is 66,10-14c / Salmo 65 / Gal 6,14-18 / Lc 10,1-12.17-20

Como a mãe que anima o seu filho,
também Eu vos confortarei:”

o que tem valor é a nova criatura.”

alegrai-vos antes
porque os vossos nomes estão escritos nos Céus"

 

Deus, nosso Senhor, faz maravilhas em nós, tal como em tudo o que criou, mas só se nós deixarmos. Esta Palavra mostra bem o Amor que Deus tem por nós, como qualquer mãe ou pai (dignos desse nome) que animam o filho. É Deus que põe na boca de Paulo que o que tem valor é a nova criatura, ou seja, todo aquele que se deixa inundar do Amor que a vida nova dá. Não um amor instalado, mas um Amor que incita à radicalidade cristã, tão difícil de viver, um Amor que tem consigo a responsabilidade de agir em nome de Deus. Essa ação não é para glorificação pessoal para glória de Deus e, só com a Sua força, cada um de nós consegue viver “como cordeiro entre lobos” neste mundo que é o nosso.

13º Domingo do Tempo Comum

At 12,1-11/Salmo 33/2Tm 4,6-8.17-18/Mt16, 13-19

A Palavra deste Domingo mostra-nos como confiar e orar, por um lado, e crer verdadeiramente no Senhor, por outro, nos conduzem ao Essencial.


12º Domingo do Tempo Comum

Zc 12, 10-11;13,1 /Salmo 62 /Gl 3, 26-29 / Lc 9, 18-24

 

E quem digo eu que é Jesus? Quem é Ele para mim? Como o sigo? Que dificuldades e alegrias que me causam seguir Jesus? Tantas questões!
Em Jesus e na relação com Ele, vamos consigo encontrar respostas.

 

 

Domingo da Santíssima Trindade 

Prov 8,22-31 / Salmo 8 / Rom 5,1-5 / Jo 16,12-15

 

A Palavra deste Domingo é um convite à contemplação e ao louvor. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo”. Este é um mistério que só a fé, ainda que de forma incompleta, alcança.

Para refletir: Como saboreio este mistério?


 

Solenidade de Pentecostes

Act 2,1-11 / Salmo 103 / 1 Cor 12,3b-7.12-13 /Jo 20,19-23

 

d5aefa7b16d4c7bd74be923c6aaff270713273cf.jpg

Para refletir: Como deixo que o Espírito Santo trabalhe em mim?

Solenidade da Ascensão do Senhor 

Actos 1,1-11 / Salmo 46 / Ef 1,17-23 / Lc 24,46-53

 

A Palavra deste Domingo é profundamente esperançosa. No Evangelho, Cristo promete o envio do Espírito Santo, após a sua ascensão ao Pai, o que deixa os discípulos animados e é esse ânimo que é reforçado nas restantes leituras. Com o Espírito Santo, a vida eterna começa aqui.

Para refletir: Em cada dia, pensar “Sou sinal de Cristo ressuscitado?”, “Já estou a viver a vida eterna?”

 
 

Contactos gerais

Casa Paroquial
Estrada de S. Tiago, nº1
2415-544 Marrazes
Tel.: 244 855 180
Email: cartorio@paroquiamarrazes.pt

Siga-nos!

  • facebook
  • twitter
  • google
  • youtube
  • picasa
  • email
  • newsletter

© Paróquia dos Marrazes 2013 // Todos os direitos reservados.

desenvolvido com easyweb